Noticias

Encontro definirá criação da Rede Eclesial Pan-Amazônia

   14/08/2014
Fonte: www.cnbb.org.br   

   Diversas entidades mundiais se reunirão em Brasília (DF) para propor a criação da Rede Eclesial Pan-Amazônia (REPAM), visando articular a presença e cooperação fraterna nos trabalhos de evangelização desenvolvidos na região amazônica. Com o tema "Pan-Amazônia: Os pulmões do planeta", o encontro ocorrerá de 8 a 13 de setembro, com presença confirmada de representantes de 11 países e mais de 60 participantes que foram convidados pela organização do evento.

 


   De acordo com os organizadores, a Pan-Amazônia possibilitará estabelecer diálogo com os envolvidos na Missão da Igreja na Amazônia, a partir da interação e apoio das instituições representativas em seus territórios, com a experiência dos agentes, cooperação internacional e constituição de uma rede de cooperação fraterna.

 


   O testemunho e presença missionária no território amazônica tem sido incentivado principalmente pelo Departamento de Justiça e Solidariedade da Conselho Episcopal Latino-americano (Celam), com apoio de importantes entidades como a Secretaria da América Latina e Caribe da Caritas (SELACC), Conferência Latino-Americana e Caribenha de Religiosos (CLAR) e Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) por meio da Comissão para a Amazônia. Os trabalhos missionários na Amazônia são acompanhados e motivados pelo Conselho Pontifício para a Justiça e Paz do Vaticano.

 


Missão articulada

   Entre os objetivos iniciais do projeto estão a busca por uma visão comum e definições de diretrizes gerais para a construção da Pan-Amazônia, sendo uma Rede Eclesial. A iniciativa buscará incentivar, legitimar e consolidar um processo de articulação na Amazônia a curto, médio e longo prazo. Também, as entidades dos países representados no encontro irão definir em conjunto a meta principal da Rede, seus procedimentos, as principais estratégias, objetivos, na tentativa de constituir estrutura básica com responsabilidades adequadas, equipamentos e coordenação e uma agenda mínima para os próximos anos.

 


   O projeto de criação da Pan-Amazônia pretende, também, profundar problemas de alterações climáticas no território, colaborando, ainda, para as discussões da Conferência das Partes das Nações Unidas sobre o clima de Lima (COP 20), no Peru, no mês de dezembro. Pela primeira vez um país amazônico receberá a Conferência mundial, sendo oportunidade para inserir as questões florestais no futuro acordo climático.

 


Com informações da Comissão para a Amazônia da CNBB.
 Catedral Sagrado Coração de Jesus, Todos os Direitos Reservados. Copyright 2018
Desenvolvido por: NIVELDIGITAL