Noticias

Cinquenta mil crianças somalis correm o risco de morrer de fome

   05/06/2014
Fonte: http://www.osservatoreromano.va   

· Denúncia de organizações humanitárias enquanto Ban Ki-moon solicita maiores esforços internacionais ·

 

 

 

Na Somália mais de cinquenta mil crianças estão tão subalimentadas que correm o risco de morrer. É a denúncia contida num documento assinado por vinte e duas organizações humanitárias,agências internacionais e associações locais, comprometidas na Somália. 

 


O documento foi divulgado precisamente ontem quando o Secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, durante uma visita à sede da Fao em Roma, organização da Onu para a alimentação e a agricultura, frisava a necessidade de intensificar os esforços internacionais na luta contra a fome. De facto, segundo Ban Ki-moon, «o fim da fome é possível, mas é preciso fazer mais». O Secretário da Onu realçou que todos têm direito a uma nutrição adequada, acrescentando que o Comité para a segurança dos alimentos e a Fao trabalharam muito para alcançar os objectos do programa chamado Zero hunger challenge (Oportunidade fome zero). No documento das organizações activas na Somália frisa-se como depois de três anos da devastadora carestia que atingiu o país africano pelo menos três milhões de pessoas ainda sofrem os efeitos da crise. A Somália foi a mais atingida pela seca de 2011 que envolveu mais de 13 milhões de pessoas no Corno de África.

 Catedral Sagrado Coração de Jesus, Todos os Direitos Reservados. Copyright 2018
Desenvolvido por: NIVELDIGITAL