Noticias

Papa se solidariza com ucranianos durante Consistório

   21/02/2014
Fonte: www.cnbb.org.br   

Os trabalhos do segundo dia do Consistório extraordinário prosseguem nesta sexta-feira, 21, no Vaticano, com a presença do colégio de cardeais. No início da reunião, o papa Francisco dirigiu mensagem de solidariedade aos cardeais ucranianos e fiéis que passam por situações de violência no país. O papa manifestou mais uma vez sua preocupação com os ataques na Ucrânia.

 


 “Gostaria de enviar uma saudação, não somente pessoal mas em nome de todos, aos cardeais ucranianos – o cardeal Marian Jaworski, emérito de L’viv, e o cardeal Ljubomyr Huzar, emérito arcebispo-mor de Kiev – que nesses dias sofrem muito e enfrentam muitas dificuldades em sua pátria”, disse o papa.

 


O papa Francisco participa de duas sessões do Consistório na sala Nova do Sínodo, no período da manhã e à tarde. Em um momento de partilha com os cardeais, o papa contou que releu a obra do cardeal alemão, Kasper, sobre a família, a qual definiu como “uma teologia serena”.

 


“É prazeroso ler teologia serena. Encontrei aquilo que Santo Inácio nos dizia, aquele sensus ecclesiae, o amor à Mãe de Deus”, relatou.

 


No final da tarde, o papa Francisco receberá a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, no estúdio da Sala Paulo VI. Serão tratados, entre outros assuntos, a realidade da família brasileira.

 


Hoje, o papa Francisco comemora 13 anos de sua nomeação como cardeal, criado pelo beato João Paulo II, em 2001.

 


Avaliação

Em coletiva, na quinta-feira, 20, o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, padre Federico Lombardi, falou do início dos trabalhos do Consistório extraordinário. De acordo com o porta-voz, o papa Francisco convida os cardeais a uma reflexão profunda sobre a família que “se encontra hoje numa condição difícil”.

 


Padre Lombardi citou o texto do cardeal Kasper ressaltando uma perspectiva ampla, que aponta caminho para o Sínodo de outubro. “No centro não se coloca em discussão a doutrina da Igreja, mas uma reflexão nova a partir do Evangelho sobre a família na ordem da criação e da redenção, com um olhar atento também aos problemas da pastoral de hoje”, lembrou padre Lombardi.

 Catedral Sagrado Coração de Jesus, Todos os Direitos Reservados. Copyright 2018
Desenvolvido por: NIVELDIGITAL