Noticias

Papa orienta como lidar com o luto na família

   17/06/2015
Fonte: noticias.cancaonova.com   

   O luto na família foi o tema da catequese do Papa Francisco, nesta quarta-feira, 17. O Santo Padre destacou que a fé restitui a esperança das famílias que se encontram nessa situação de dor.

 


   Francisco lembrou aos fiéis que a morte é uma experiência que diz respeito a todas as famílias, mas mesmo sendo uma realidade que faz parte da vida, nunca é vista como algo natural. “A perda de um filho ou de uma filha é como se o tempo parasse. Abre-se um buraco que engole o passado e também o futuro”.

 


   O Papa disse que a morte na família é como um buraco negro que se abre na vida das famílias e elas não sabem dar uma explicação a isso, chegando, muitas vezes, a colocar a culpa em Deus. “Quanta gente, eu entendo, fica com raiva de Deus, diz blasfêmia. (…) Mas essa raiva é um pouco o que vem da dor grande, da perda de um filho, de uma filha, de um pai, de uma mãe. Isso ocorre continuamente nas famílias”.

 


   A morte física tem também cúmplices, disse o Papa, que são, muitas vezes, piores que ela: ódio, inveja, soberba, avareza… Em síntese, o pecado do mundo trabalha pela morte e a torna ainda mais dolorosa e injusta. Mas, no povo de Deus, muitas famílias demonstram que a morte não tem a última palavra, e esse é um verdadeiro ato de fé, declarou o Papa.

 


   “Todas as vezes em que a família, no luto, encontra a força de preservar a fé e o amor que nos unem àqueles que nos amam, ela impede já agora a morte de pegar tudo”.

 


   O Papa deixou um conselho sobre como enfrentar essa situação de luto: com fé e um maior trabalho de amor. “Na fé, podemos nos consolar um com o outro sabendo que o Senhor venceu a morte de uma vez por todas. Nossos entes queridos não desapareceram na escuridão do nada. A esperança nos assegura que eles estão nas mãos boas e fortes de Deus”.

 Catedral Sagrado Coração de Jesus, Todos os Direitos Reservados. Copyright 2018
Desenvolvido por: NIVELDIGITAL